Programação 2016

Local: Museu Nacional de Belas Artes – auditório

12 de julho

 

♦ 9h00-9h30    │ Credenciamento

♦ 9h30-10h00   │ Mesa de abertura

♦ 10h00-10h40 │ Conferência 1 – Alain Bonnet (doutor, docente Université de Grenoble-Alpes) – La Gloire et l’Opprobre – la carrière des peintres officiels en France au XIXe siècle.

♦ 10h40-10h55│ Debate


 

♦ 10h55-11h10│Café

 


Modelos de Ensino e de Representação

 

♦ 11h10-11h25│Ana Cavalcanti (doutora, docente UFRJ) – Da prática da cópia às imagens de referência na pintura de Eliseu Visconti.

♦ 11h25-11h40│Arthur Valle (doutor, docente UFRRJ) – Cópias de pinturas europeias feitas por pensionistas da Escola Nacional de Belas Artes/RJ durante as primeiras décadas da República brasileira.

♦ 11h40-11h55│Dalila Santos e Marina de Andrade (doutoras, docentes UFRJ) – O desenho e a formação do artista contemporâneo: entre modelos e tradições.

♦ 11h55-12h10│Maria Luisa Tavora (doutora, docente UFRJ) – Quirino Campofiorito: emblemático ativista da modernização da ENBA.

♦ 12h10-12h25│Debate


 

♦ 12h30-14h00│almoço

 


Modelos de Atuação

 

♦ 14h00-14h30│Palestra 1 – Anna O. Marley (doutora, curadora, Historical American Art, Pennsylvania Academy of Fine Arts) – Making History in American Art Academies 1781-1893.

 

♦ 14h30-14h45│ Laurens Dhaenens (doutorando, Catholic University of Louvain, Bélgica e Universidad Nacional de San Martín , Argentina) – Modellled on sound: art criticism and the institutionalization of the visual arts in Buenos Aires, Rio de Janeiro and Santiago de Chile between 1869-1879.

♦ 14h45-15h00│Oscar Vásquez (doutor, professor associado, University of Illinois) – Copying and the diference it makes: reproducing policies and power among Rio de Janeiro, Mexico´s and Madrid´s art academies.

♦ 15h00-15h15│Amandine Diener (doutoranda ENSAS, École nationale supérieure d´Architecture, Université de Strasbourg) – Brazilian Architecture and the École des Beaux-Arts. The teaching approach of André Gutton.

♦ 15h15-15h30│Debate


 

♦ 15h30-15h45│Café

 


Modelos de Ensino e de Atuação

 

♦ 15h45-16h00│ Ellery Foutch (professora assistente, Middlebury College, Estados Unidos) – M. J. Heade´s Gems of Brazil: Hummingbirds and the 19th century international market for art & fashion.

♦ 16h00-16h15│ Angela Boesl (mestre, pesquisadora associada, Humboldt University, Berlim) – The acanthus revisited: Moritz Meurer´s (1839-1916) teaching model of plant studies for Prussian schools of applied arts.

♦ 16h15-16h30│ Marize Malta (doutora, docente UFRJ) – Artistas entre flores, folhas e fitinhas: um olhar decorativo na Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro e os modelos ornamentais no século XIX.

♦ 16h30-16h45│ Marcele Linhares (doutora, docente CEFET) – Da École Guérin à Bauhaus – os modelos de ensino de arte decorativa na ENBA.

♦ 16h45-17h00│ debate


 

♦ 17h30-18h30│Abertura da exposição INTERVENÇÕES entre XIX e XXI , curadoria de Beatriz Pimenta Velloso Museu Nacional de Belas Artes.

 


13 de julho

 

♦ 9h30-10h10  │ Conferência 2 – Armelle Enders (doutora, docente na Université de Paris IV Sorbonne) – Os artistas franceses, historiadores do Brasil. 

♦ 10h10-10h25  │debate


 

♦ 10h25-10h40│Café

 


Modelos de Ensino e de Representação

 

♦ 10h40-10h55│Cybele Vidal Fernandes (doutora, docente UFRJ) – Ensino artístico na AIBA: campo de produção x campo de consagração.

♦ 10h55-11h10│Thiago Rafael da Costa Santos (mestre, docente IFMT, Campus Fronteira Oeste, Pontes e Lacerca, Mato Grosso) – Debret, leitor de Humboldt. Modelos artísticos e científicos da representação da paisagem brasileira.

♦ 11h10-11h25│ Sílvia Vieira de Almeida (doutora, investigadora UNL, Universidade Nova de Lisboa, Portugal) –  Ambição e indiferença – paradoxos do ensino acadêmico em Lisboa

♦ 11h25-11h40│Taís Avancini (doutoranda UNAM, México) – A formação dos artistas mexicanos e brasileiros entre 1890 e 1920 na ENBA do México e ENBA do Brasil através da produção de desenhos (acdemias).

♦ 11h40-11h55│Rafael Bteshe (doutorando PPGAV/EBA/UFRJ) – Os manuscritos de Marques Júnior.

 

♦ 11h55-12h10│ debate


 

♦ 12h10-12h30│visita aos pôsteres – Galeria das Moldagens

 


 

♦ 12h30-14h00│almoço

 


Modelos de Ensino e de Atuação

 

♦ 14h00-14h30│Palestra 2 – Pedro Xexéo (museólogo e ex-curador da Coleção de Pintura Brasileira do MNBA) e Adriana Clen (docente UnB) – A reinvenção do clacissismo: “Alegoria às Artes” de Leon Pallière.

 

♦ 14h30-14h45│ Maria João Baptista Neto (doutora, professora associada, Universidade de Lisboa, Portugal) e Michela Degortes (doutoranda Universidade de Lisboa, Portugal) – Ensino artístico na corte portuguesa do Rio de Janeiro: a escolha entre os modelos francês e italiano.

♦ 14h45-15h00│Paula Vermeersch (doutora, docente UNESP) e Renato Palumbo Dória (doutor, docente UFU) – O desenho para além da Academia: circulações e práticas do Desenho no Brasil do século XIX.

♦ 15h00-15h15│Rogéria de Ipanema (doutora, docente UFRJ) – A tradução ilustrada da arte em revista: dentro e fora dos modelos de atuação da AIBA e a Revista Illustrada.

♦ 15h15-15h30│ Danielle Rodrigues Amaro (doutoranda USP) – Um “amplo movimento de educação estética”: o projeto social inscrito no Instituto de Belas Artes desde sua criação até sua extinção (RJ, 1950-1975).

♦15h30-15h45│Debate


 

♦ 15h45-16h00│ Café

 


 

Modelos de Ensino

 

♦ 16h00-16h30│ Palestra 3 – María Isabel Baldasarre (doutora, docente UNSAM – Universidad Nacioanl de San Martín, Argentina) – Tiempos de academia. La formación artística entre Buenos Aires y Europa a comienzos del siglo XX.

♦ 16h30-16h45│Carolina Vanegas Carrasco (doutora, investigadora IIPC, Instituto de Investigaciones sobre el Patrimonio Cultural, UNSAM, Argentina) – La imagen de Bolivar en la configuración de modelos estéticos y políticos en el siglo XIX colombiano.

♦ 16h45-17h00│ Larisa Mantovani e Giulia Murace (doutorandas UNSAM, Universidad Nacional de San Martín, Argentina) – “Enseñar en las fábricas el amor a lo bello”. Artes industriales y academia a comienzos del siglo XX em Argentina.

♦ 17h00-17h15│ Josefina de la Maza Chevisich (doutora, investigadora independente, México) – Blanco sobre blanco: modelos, copias y la enseñanza del dibujo academico en el siglo XIX chileno.

♦ 17h15-17h30│ debate


 

14 de julho

 

Modelos de Ensino e de Atuação

 

♦ 9h30-10h00   │ Palestra 4 – Elaine Dias (doutora, docente UNIFESP) – Joachim Le Breton, Henrique José da Silva e Félix-Émile Taunay: projetos, modelos e estratégias na direção do ensino artístico brasileiro 1816-1851.

 

♦ 10h00-10h15   │ Fernanda Mendonça Pitta (doutora, curadora Pinacoteca de São Paulo) – Entre alegoria nacional e o tipo brasileiro: o lugar de Derrubador brasileiro no projeto acadêmico de construção da nação.

♦ 10h15-10h30 │ Fábio D´Almeida Lima Maciel (doutorando USP) – Um caso singular: Pedro Américo e a recepção à reforma da École des Beaux-Arts em 1863.

♦ 10h30-10h45│ Heloisa Salem Fernandes Capel (doutora, docente UFG) – Modesto Brocos e os modelos de formação artística: a defesa das artes profissionais na 1ª República.

♦ 10h45-11h00 │debate


 

♦ 11h00-11h15│café

 


Modelos de Coleção e de Atuação

 

♦ 11h15-11h30│ Alexandre Mascarenhas (doutor, docente IFMG, bolsa pós-doutorado UFRJ) – A coleção de gessos que contribuiu para o ensino na AIBA a partir da chegada da Missão Francesa em 1816.

♦ 11h30-11h45│Anaildo Bernardo Baraçal (doutor, museólogo MNBA, docente UNIRIO) – Modelos e mais modelos no Museu Nacional de Belas Artes.

♦ 11h45-12h00│ Martinho Alves da Costa Junior (doutor, docente UFJF) – Henrique Alvim Corrêa: artista da academia e modelo cinematográfico

♦ 12h0-12h15│ Samuel Vieira (doutorando UNICAMP) – Outras visões da História do Brasil: a pintura de Belmiro de Almeida.

♦ 12h15-12h30│ Debate


 

♦ 12h30-14h00 │ almoço

 


Modelos de Coleção

 

♦ 14h00-14h30│Palestra 5: Maraliz de Castro Vieira Christo (doutora, docente UFJF) – A instituição da ENBA e a coleção de autógrafos no leque da Viscondessa de Cavalcanti: escolhas pela renovação.

 

♦ 14h30-14h45│Leticia Coelho Squeff (doutora, docente UNIFESP) – A exposição de 1859 na Academia: display, visibilidade de uma coleção e vínculos com modelos internacionais.

♦ 14h45-15h00│ Valéria Piccoli (doutora, Pinacoteca do Estado de São Paulo) – A Pinacoteca do Estado de São Paulo e a formação de suas coleções.

♦ 15h00-15h15│ Silveli Maria de Toledo Russo (doutora, em pós-doutorado FAU/USP) – Colecionismo particular no Rio de Janeiro: o Palacete Brando Barbosa e seu acervo.

♦ 15h15-15h30│Tatiana da Costa Martins (doutora, docente UFRJ) – A coleção do Museu D. João VI : arte, documentação e exposição.

♦ 15h30-15h45│debate


 

♦ 15h45-16h00│café

 


200 anos de Modelos

 

♦ 16h00-16h40│Conferência de encerramento: Sonia Gomes Pereira (doutora, professora emérita UFRJ) – Estudos sobre a Academia: estado da questão e revisão historiográfica.

♦ 16h40-17h00│Debate


 

♦ 17h00-17h30│Mesa de encerramento

 

 

 

Logos VII seminario2

Anúncios